IMPORTÂNCIA DA GESTÃO E GERENCIAMENTO DE CRISES NAS ORGANIZAÇÕES

  • Luciana Martins Pereira Centro Universitário de Patos de Minas

Resumo

Ao se observar a frequência e o quão intenso uma crise pode se tornar, esse tema propõe instigar cada vez mais o interesse das organizações, ao demonstrar a importância de realizar uma gestão eficaz, considerando não apenas o contexto global, lucro empresarial, mas, além disso, a gestão de pessoas, que tem como objetivo a formação de líderes preparados para gerenciar e solucionar qualquer tipo de adversidade que surgir. Uma crise pode atingir toda e qualquer organização e de acordo como o problema é tratado, e, também, da sua intensidade, pode afetar o seu público de interesse, e abalar perante os mesmos a sua imagem. Diante do exposto, faz-se necessário adotar políticas de planejamentos preventivos, e utilizar de ferramentas, as quais são capazes de mitigar as consequências dos momentos críticos. Para que se possa gerenciar uma crise, a organização realiza uma sequência de atividade, que visa controlar e sanar o problema. À vista disso, o artigo tem como objetivo contribuir na conscientização das organizações sobre a relevância de se prevenirem contra acontecimentos inesperados, de caráter problemático, e destacar a ideia de que o planejamento nos momentos de crise provoca uma imagem positiva da organização e, ainda, conquista credibilidade e confiança do público. A elaboração do manual para gerenciamento de crise é de grande relevância já que existe uma carência de literatura específica sobre o tema. O manual, além de tornar padrão às ações referente a situações de crise, propõe oferecer uma direção para as ações preventivas, emergenciais e posteriores à crise. Atitudes equivocadas no momento de crise podem originar danos irreversíveis a imagem da organização. Ações desta natureza afetam a reputação, com ônus à imagem de organizações ou pessoas, decorrente de situações de crise mal geridas. Este manual deve funcionar como uma ferramenta prática para ser utilizada por instituições públicas, privadas, políticos e personalidades públicas. O manual de gerenciamento de crise propõe ações assertivas sobre gerenciamento de crise a serem adotadas no momento desfavorável. O planejamento de como gerenciar a crise é extrema importância no aspecto mercadológico, pois na falta de bibliografia específica sobre o assunto – restrita, a publicações dirigidas ao público especializado – um manual prático e objetivo para os executivos utilizarem diante situações de crise, com dicas sobre gerenciamento de crise, pode servir como instrumento de auxílio e orientação para enfrentar os momentos delicados. No âmbito acadêmico, o estudo poderá funcionar como um instrumento prático para ser utilizado por instituições públicas e privadas, e, também, como fonte de pesquisa para estudantes. No que tange a importância social, o estudo será capaz de mostrar o processo para se prevenir de uma crise. Para a elaboração do artigo foram estudados e analisados cases de crises, os quais tiveram repercussão nacional na esfera pública. E também uma pesquisa bibliográfica voltada ao assunto.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Gestão e Gerenciamento de Crise nas Organizações
Publicado
2016-11-18
Como Citar
PEREIRA, Luciana Martins. IMPORTÂNCIA DA GESTÃO E GERENCIAMENTO DE CRISES NAS ORGANIZAÇÕES. Revista do COMINE, [S.l.], v. 1, n. 1, nov. 2016. ISSN 2527-2535. Disponível em: <https://revistas.unipam.edu.br/index.php/revistadocomine/article/view/186>. Acesso em: 19 aug. 2019.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Gestão de Crise; Opinião Pública, Comunicação Organizacional