Esta Revista nasceu nos corredores da Faculdade de Direito de Patos de Minas. Nasceu da necessidade, notada por alguns docentes e demonstrada por vários alunos, de se viabilizar de forma mais adequada o incentivo à pesquisa jurídica já na graduação.

Muitas das vezes os bacharelandos se preocupam, é verdade, com a conclusão do curso, com a preparação para concursos públicos, com o exame da Ordem dos Advogados... Contudo, felizmente, notou-se que existe também uma preocupação, importantíssima, com o desenvolvimento da pesquisa no âmbito do Direito. Nada mais justo, portanto, que se criar um periódico exclusivamente voltado aos pesquisadores iniciantes, aos alunos dos cursos de Direito.

O fomento à pesquisa jurídica, não temos dúvidas, é forma de se aperfeiçoar a ciência do Direito e, direta e indiretamente, contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e fraterna. Em tempos de resgate dos valores e na era do pós-positivismo, a pesquisa jurídica, no âmbito da graduação, permite aos alunos que se coloquem como atores no cenário do Direito, e não como meros espectadores, dando, com isso, um sabor ainda mais especial a esse fantástico ramo do conhecimento.

Destarte, o entusiasmo nos toma quando logo no número inaugural contamos com a confiança não só dos alunos da Faculdade de Direito de Patos de Minas, mas também de várias outras faculdades – em especial de Minas Gerais – que já marcam presença logo nesta primeira edição, demonstrando confiança no trabalho que agora se inicia em nossa instituição.

Igualmente nos enche de esperança a confiança depositada pelos vários colegas e amigos professores que, prontamente, aderiram à iniciativa e contribuem, decisivamente, com a construção da Revista, participando do Conselho Editorial. Nossos agradecimentos a todos aqueles que concordaram em abraçar o projeto.

Assim, é com muito orgulho que submetemos à comunidade acadêmica uma nova filha da Faculdade de Direito de Patos de Minas. Esperamos que, com essa iniciativa, possamos colaborar com a construção de um Direito melhor. De uma sociedade melhor. De um mundo melhor para se viver.

Escopo: publicar artigos científicos, resenhas, ensaios, traduções, jurisprudência comentada, editoriais e apresentações com tema central necessariamente vinculado à área jurídica.

Periodicidade: anual.

 

Para auxiliar na submissão acesse nosso Manual do Autor.